Com o slogan: Reduzir, reutilizar, mudar a maneira como vivemos, o Hora da Terra 2019 foi encerrado com uma caminhada do Weest Paraat até a Praça da Independência.

PUBLICIDADE

Alunos de diferentes escolas, jovens escoteiros e muitos outros participaram da caminhada apoiando o tema proposto por essa campanha ambiental que influenciou o mundo.

Durante seu discurso na praça, o ministro Stephen Tsang do Comércio, Indústria e Turismo, disse que está orgulhoso com o Suriname, pois o país é um provedor mundial de oxigênio. Ele também se referiu à decisão tomada de remover recipientes plásticos de circulação. O ministro disse também que o Suriname está no número 4 da lista de países com fontes de água doce mais ricas.
O Hora da Terra é uma iniciativa do Fundo Mundial para a Natureza (World Wildlife Fund) em colaboração com a Unicef. O evento é internacional e convida famílias e empresas para desligar as luzes e outros aparelhos elétricos por 1 hora. Desligar as luzes e os dispositivos simbolicamente indica economia de energia.

Todo último sábado do mês de março isso foi feito em todo o mundo para chamar a atenção aos efeitos das mudanças climáticas globais. Neste ano cento e oitenta países e sete mil cidades participaram do chamado feito pela WWF com o objetivo de todos juntos apagarem as luzes.

Foto: LPM NEWS

Deixe seu comentário abaixo.