Cinco estudantes surinameses vão cursar graduação e mestrado em Minas Gerais.

PUBLICIDADE

Uma comitiva brasileira da Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais (MG), participou de uma reunião com o ministro Rabin Parmessar, titular da pasta da Agricultura, Pecuária e Pesca (LVV), para tratar da ampliação e consolidação do zoneamento agroecológico e de educação ambiental no Suriname. A ação conjunta é uma parceria entre os dois países, aprovada em 2017, já em andamento.

Entre as deliberações, ficou definido que cinco estudantes do Suriname vão cursar graduação e mestrado na instituição brasileira. A delegação permanece em Paramaribo até o próximo dia 9 de setembro e ainda fará visitas de campo, em áreas de planície, costa e interior, juntamente com especialistas do LVV. A ideia é investigar quais áreas podem receber determinadas plantações.

Uma avaliação minuciosa do solo também será feita, bem como coleta de dados sobre paisagem e de áreas contaminada pelo mercúrio. A partir disso, serão definidos os próximos passos da ação bilateral para capacitar professores e mais um grupo de 30 pessoas de diferentes ministérios do Governo Federal.

Foto: NII LVV

Deixe seu comentário abaixo.