Jessie Lorene Goline, de 25 anos, foi presa na última quarta-feira (20) após ser denunciada pelo pai de um dos quatro de seus alunos em que ela levou para cama.

A professora americana que também é casada enfrenta acusações de abuso sexual em primeiro grau.

Publicidade

Um dos alunos interrogados pela polícia afirmou que a professora mandava mensagens de cunho sexual, que se tornaram cada vez mais picantes. “Queria ir para cama com você, mas você é muito jovem”, diz ela em uma das mensagens.

Ainda segundo o aluno, Jessie pedia para que ele fosse ao apartamento dela, onde acabaram mantendo relações sexuais.

A professora foi acusada de transar com outros três adolescentes, que estudavam na escola onde ela trabalhava.

Um deles revelou à polícia que Jessie enviava fotos de calcinha, além de levar dois estudantes para casa, em um único dia.

Após o escândalo vir à tona, a professora foi xingada e insultada nas redes sociais, deletando sua conta no Facebook.

Jessie foi solta após pagar fiança de aproximadamente 15 mil. O julgamento da professora está marcado para o dia 31 de outubro. Se condenada, ela corre o risco de pegar de 10 a 40 anos de cadeia ou até prisão perpétua.

Fonte: G1

Comentar

Comentar