O Procurador Geral, Roy Baidjnath Panday, esteve na sala de comando do projeto Cidade Segura, em Paramaribo. 

A visita faz parte do lançamento do projeto que começará no dia 28 de dezembro.

Publicidade

O procurador geral disse que ficou impressionado com a forma como todos os serviços foram reunidos para responder às calamidades da maneira mais eficiente e eficaz possível. Panday disse que em casos de crime, os funcionários do centro de comando podem fornecer os serviços no campo com informações o mais rápido possível. “Com a ajuda do Centro de Comando, teremos mais agilidade para a aplicação da lei pública”, acentuou Panday.

Em caso de emergências, as forças policiais serão acionadas e estarão presentes no local muito rapidamente para tomar medidas, proporcionando mais agilidade e precisão no trabalho da polícia.

Lothar Redan, gerente de projetos do Projeto Cidade Segura, disse que a polícia, os bombeiros e os funcionários do Departamento de Emergência, foram especialmente treinados para trabalhar com os equipamentos e estão preparados para este trabalho. O foco central é gerenciar o trabalho da maneira mais eficiente e eficaz possível. Este sistema de monitoramento de vídeo terá que fazer uma contribuição substancial para reduzir a criminalidade”, explicou Redan.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar