De acordo com o ‘Daily Mail’, ele reencontrou Vicki McBratney durante um evento na Nova Zelândia nesta terça-feira, 12.

Príncipe Harry teve uma surpresa e tanto durante sua viagem para a Nova Zelândia nesta terça-feira, 12. De acordo com o “Daily Mail”, ele encontrou uma antiga professora no meio da multidão que esperava para cumprimentá-lo. Vicki McBratney – que trabalhou na Ludgrove School, em Berkshire, quando o príncipe estudou lá – estava no meio dos curiosos em Christchurch para rever seu ex-aluno.

A professora, que alguns anos após lecionar em Berkshire se mudou para a Nova Zelândia, ganhou um sorriso do membro da realeza ao ser reconhecida por ele. Vicki apresentou seu marido e seus três filhos e aproveitou para mostrar fotos em que ela e o príncipe apareciam juntos na época da escola.

A professora de 44 anos contou sobre o encontro após Harry seguir com o compromisso. “Ele parecia muito chocado e disse: ‘Oi Vicki, que bom te ver’. Me deu um beijo e conversamos rapidamente”, disse ela, que acabou entregando as fotos que trouxe para o príncipe. “Ele era um menino adorável, amigável e muito bom. Ele ainda tem o mesmo sorriso”, completou.

Harry, que atualmente está com 30 anos, estudou na escola em que Vicki trabalhou de 1992 até 1998, mesmo período em que seu pai, o Príncipe Charles, e sua mãe, a Princesa Diana, se divorciaram e também quando Lady Di morreu em um trágico acidente de carro em Paris. O primeiro dia de aula de Vicki foi justamente no dia do funeral da princesa.

Segundo o “Daily Mail”, Harry se tornou próximo da professora, que também havia perdido a mãe recentemente na época, conversando sobre suas perdas à noite no dormitório. Ao vê-la na multidão 18 anos após a última vez que se encontraram, Harry disse: “Olá! Que bom te ver, como você está?”. Em seguida deu dois beijos no rosto da ex-professora e a abraçou. Ele perguntou ainda como estava sendo morar na Nova Zelândia e apertou a mão dos três filhos e do marido de Vicki. Ao ver as fotos que sua ex-professora trouxe, exclamou “Ah não” e então disse “Que incrível. Amo isso”. Quando Vicki perguntou como ele estava, se limitou a dizer: “Muito bem, me mantendo ocupado”.

Quinto na linha de sucessão ao trono, Harry está na região para ver os esforços pela reconstrução local após um terremoto devastador que aconteceu em 2011, mas também aproveitou para relaxar ao conversar com os fãs que o aguardavam.

Na segunda-feira, 11, ele disse em um programa de TV que está pronto para ter uma família e ter filhos, o que aumentou o assédio feminino sobre o príncipe, tendo recebido nas ruas um convite para uma formatura e um pedido de casamento de uma mulher que carregava um cartaz escrito “Harry me”, em tradução livre uma mistura de Harry com “case comigo”.

Ao visitar a Universidade Canterbury, uma estudante mais desinibida pediu um buquê de flores que Harry estava segurando. “Ele foi o primeiro rapaz a me dar flores, é amor”, se derreteu. Na ocasião, o príncipe ruivo também foi até Riley Harris, de 6 anos, ao ver que ela segurava um cartaz escrito: “Fique calmo, ruivos são o tempero da vida”. “Ele disse a Riley apenas que ruivos são legais, para ela se orgulhar e nunca deixar ninguém perturbá-la por causa disso e para colocar o cartaz sobre sua cama”, contou a mãe de Riley.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: EGO

 

Comentar

Comentar