Foto: KPS
Publicidade

Uma unidade móvel do governo do Suriname vacinou presidiários do Suriname na última quarta-feira, dia 21. Todos os imunizados indicaram, previamente, o desejo de receber a primeira dose. O Ministério da Saúde e nem da Justiça informaram se foi utilizado AstraZeneca ou Sinopharm.

“A ação foi realizada após a ordem dada pela direção do corpo para realizar uma investigação sobre a necessidade de vacinação nas várias celas da polícia surinamesa. A unidade móvel foi auxiliada nesta ação pelos líderes da campanha de vacinação”, disse o CDS.

Publicidade

Na sexta-feira, 23 de julho, será a vez dos detidos das regiões Leste e Centro que se inscreverem na vacinação. O governo não divulgou o restante do calendário nas cadeias do país. Atualmente, qualquer pessoa acima de 18 anos pode receber a vacina contra a Covid-19.

Comentar

Comentar