O Presidente Rafael Correa, do Equador, saiu desapontado do Suriname após a cerimônia de posse de Bouterse e Adhin.

Rafael Correa retirou-se na quarta-feira, 12 de agosto, antes do encerramento da programação da posse do presidente Desi Bouterse.

Publicidade

O presidente do Equador demonstrando seu descontentamento com o tratamento recebido no Suriname durante a posse presidencial, foi embora mais cedo e dirigiu-se para o aeroporto quando o desfile ainda estava acontecendo na rua Jaggernath Lachmonstraat.

Segundo informações obtidas pela imprensa local, o ministro das Relações Exteriores do Equador, teria recebido um tratamento inadequado e complicar ainda a situação, na área VIP reservada para os visitantes internacionais, Correa foi acomodado em um lugar onde encontrava dificuldade para ver o desfile por causa da presença de outras autoridades militares do Suriname. O presidente do Equador reclamou e houve então uma pequena alteração o que deixou Rafael Correa desapontado.

Logo após este incidente, o presidente do Equador com toda a sua comitiva seguiram para o aeroporto Johan Adolf Pengel.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar