Presidente Desi Bouterse não vai participar da Assembléia Geral das Nações Unidas (ONU) em Nova York.

Esta missão estava por muito tempo nos planos do presidente, mas o chefe de Estado colocou como prioridade neste momento as questões nacionais.

Publicidade

O Suriname está atualmente lutando com os desafios financeiros e o presidente também tem pela frente seu discurso anual na Assembleia Nacional (DNA) onde irá apresentar o projeto de orçamento do Estado. Portanto compromissos inadiáveis que o impossibilitaram de deixar o país neste momento.

Em Nova York, o presidente também participaria de algumas reuniões bilaterais, incluindo uma agenda com Luis Almargo, Secretário Geral da Organização dos Estados Americanos (OAS).

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar