Desi Bouterse, o presidente eleito, disse que o seu governo vai trabalhar em fases para a redução do número de ministérios.

Antes das eleições, durante as conversações de orientação e após as eleições, o chefe de estado falou sobre a redução do número de ministérios de 17 para 14.

Publicidade

No entanto, agora parece que é mais complexo do que o esperado reduzir o número de ministérios, não apenas por causa da complexidade jurídica, mas também devido a maneira pela qual a política será implementada.

Segundo Bouterse, o número de ministérios não deve ser reduzido apenas porque parece que é uma boa ideia, mas porque deve haver um propósito por trás disso, como acelerar e melhorar o trabalho do governo. O presidente Bouterse atualmente não vê como a redução do número de ministérios contribuirá para a implementação de políticas eficazes.

Haverá, no início do novo gabinete uma fusão entre o ministério de Relações do Interior e da Justiça e Policia e com toda a probabilidade também no Ministério de Desenvolvimento Regional (RO Regionale Ontwikkeling).

Durante este período, outros ministérios, serão gradualmente diminuídos, ao mesmo tempo em que a política deverá se adaptar para uma boa transição. O fato é que agora o novo mandato do governo não irá iniciar com 14 ministérios.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar