Obra deve durar dois anos.

Publicidade

Incendiado em 1996, o antigo prédio da Assembléia Nacional (DNA) será reconstruído juntamente o edifício de Assuntos Gerais. A colocação da pedra fundamental para a reconstrução de ambos os edifícios ocorreu nesta semana, na esquina de Henck Arronstraat e Grote Combéweg, onde os prédios estavam localizados.

Ambos os prédios voltarão à administração da DNA e o financiamento da obra é do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O projeto está sendo implementado pelo Programa de Reabilitação Urbana de Paramaribo (PURP), como parte da reabilitação da cidade de Paramaribo.

O Ministério da Educação, Ciência e Cultura e seus braços de trabalho são responsáveis pela coordenação. A supervisão está nas mãos da empresa surinamesa KDV. O trabalho de construção está programado para durar dois anos, enquanto o projeto PURP cinco anos.

Ao mesmo tempo, o Waterkant está sendo abordado, incluindo o prédio do Ministério da Justiça e Polícia, ao lado do Congresghal também será completamente reformado. Além disso, os dois departamentos do Ministério de Assuntos Sociais e Habitação estão incluídos no projeto.

Elviera Sandie, Diretora de Cultura, enfatizou que foi feita uma longa espera por esse momento e que muito trabalho também foi precedido. O trabalho já começou em abril de 2017, quando o documento foi assinado pelo ministro das Finanças, Gillmore Hoefdraad, e pelo representante do BID.

Uma equipe de projeto foi montada e colocada na Fundação do Patrimônio Construído. “Muita papelada estava envolvida; muitas discussões e reuniões com as partes interessadas. Uma contribuição para a preservação do centro histórico da cidade, para o qual muito trabalho foi feito para incluí-lo na Lista do Patrimônio Mundial”, concluiu Elviera Sandie.

Foto: LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar