Os policiais do Departamento de Polícia de New Haven vem se  queixando há vários meses de uma infestação de ratos no edifício.

Foi tão ruim na quarta-feira, 27 de maio, que o departamento de Investigação Forense e o pessoal do Departamento de Investigação Criminal decidiram não entrar no prédio para trabalhar.
A polícia muitas vezes soou o alarme, mas a liderança não tomou nenhuma medida para resolver o problema. Então os policiais decidiram manter as portas fechadas até que seja resolvido este problema que coloca a saúde dos policiais em risco.

Publicidade

Além deste problema, os agentes também são incomodados pelo barulho no local. Uma fonte relatou que o ruido é tão perturbador que ninguém consegue se concentrar para registrar uma ocorrência policial. O oficial que registra as ocorrências é constantemente distraído pelo barulho proveniente das muitas atividades levadas a cabo no porto. O problema é que a polícia não está em uma boa localização, especialmente a Investigação Forense e o Departamento de Investigação Criminal que precisam de um ambiente saudável e tranquilo para fazer o seu trabalho.

A infestação de ratos é tão ruim que logo pela manhã quando chegamos para trabalhar encontramos fezes de rato espalhadas pelo chão.  “Há um cheiro invasivo de ratos e os roedores correm a quase todo momento pelos corredores e até nas salas onde estamos trabalhando.  Os ratos são conhecidos em todo o mundo pela propagação de doenças através de suas fezes, urina e saliva. Além disso, o fato destes animais roerem constantemente cabos elétricos e moveis pode causar sérios danos às máquinas e destruir documentos que ficam sobre a mesa”. Afirmaram alguns policiais que não quiseram se identificar.

Tanto os ratos marrons como os pretos são portadores de vírus, bactérias e parasitas e a saúde dos policiais pode ser seriamente prejudicada.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar