Na última segunda-feira, 27 de outubro, um policial de 25 anos, Murwin V. foi condenado á 18 anos de prisão por pratica de roubos e sequestros.

A dirigente da sentença foi a sub distrital Danielle Karametali. O policial foi acusado de usar recursos policiais para cometer seus crimes, tais como: usar a arma de serviço, técnicas policias e seu distintivo policial.

Publicidade

O condenado planejava tudo antes de praticar seus crimes. O advogado Oscar Koulen estava presente durante o julgamento.

Devido o condenado Murwin ser policial, ele não pode contar com a ajuda do advogado.

Karamatali, relata que a conduta do ex-agente prejudicou a imagem da polícia pois a comunidade não se sente mais segura e nem confiante no trabalho da polícia.

Shanta Mahadew, promotor de justiça, exigiu uma pena de prisão de 18 anos para o ex-policial.

Segundo informações, o condenado teria cometido crimes com outros comparsas e todas as vítimas reconheceram o agente.

Dia 30 de marco, Murwin V. havia sequestrado e roubado duas pessoas em Paramaribo, após o carro da vítima ser empurrado para fora da estrada por Murwin. Segundo informações de testemunhas, Murwin foi visto agredindo e colocando um das vitimas no porta malas.

Ainda segundo informações das vítimas, foi roubado dinheiro, jóias e outros pertences pessoais das vítimas.

Dia 12 de abril, no distrito de Marowijne, Murwin também roubou de uma mulher que estava caminhando na rua sua mochila que continha o passaporte e pertences pessoais.  Ele tentou também roubar o colar da mesma, mas não conseguiu.

Dia 17 de abril, já no distrito de Wanica, Murwin agrediu e sequestrou um homem usando sua arma de serviço.

Por todos esses crimes Murwin foi condenado á 18 anos de prisão.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar