De acordo com informações divulgadas no site da polícia neste sábado (13), a polícia estava fazendo buscas para prender o estelionatário.

Jerry Bechoe, de 56 anos, teve a prisão decretada pelo Procurador-Geral da República do Suriname pela prática de crime de falsificação de documentos e fraude.

Publicidade

Segundo a polícia, Bechoe é reincidente na prática desse tipo de crime e foi denunciado a polícia por um grupo de estrangeiros que pagaram uma determinada quantia em dinheiro e posteriormente descobriram que foram enganados com falsas “autorizações de permanência”. O estelionatário foi preso no início do mês de janeiro e no interrogatório confessou a participação de outras pessoas, entre elas,  uma mulher de 43 anos, identificada como Sharida S. que também já está sob a custódia da polícia e deverá fornecer os nomes de outras pessoas envolvidas na falsificação de documentos para estrangeiros no Suriname.

Foto: KPS

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar