A prisão faz parte de uma investigação onde cinco pessoas já foram presas e agora o sexto membro da quadrilha foi detido quando retornava ao Suriname.

O acusado de 27 anos de idade e de nacionalidade holandesa já estava sendo investigado pela polícia e foi preso no momento em que desembarcava no aeroporto Joham Adolph Pengel ao retornar de férias na Holanda.

Publicidade

A informação da prisão do holandês acusado de fazer parte da quadrilha de pedófilos que atuava no Suriname, foi confirmada nesta segunda-feira, 26 de dezembro, pela inspetora Dragt Judith Stein, chefe do Departamento de Tráfico de Pessoas da Polícia do Suriname (KPS). A inspetora informou ainda que a polícia está a procura de mais um membro da quadrilha que pode ser preso a qualquer momento.

De acordo com informações da polícia, o holandês logo após ter sido preso no aeroporto internacional do Suriname, teve um ataque cardíaco e precisou ser levado de ambulância para o hospital onde está sendo vigiado por dois agentes da KPS.

A inspetora Judith Stein revelou que no início deste mês uma rede de pedofilia que usava o Facebook para atrair meninos e meninas foi descoberta depois que um menor de idade conseguiu escapar das mãos dos criminosos e a família denunciou o caso á polícia. O garoto de 14 anos de idade, contou para a polícia que foi abusado sexualmente por vários homens adultos e que também era obrigado a fazer programas com homens e mulheres.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar