Foto: Paysandu

A Polícia Civil investiga a morte do ex-jogador do Paysandu Sport Club, Bruno Leonardo Virgínio da Silva, de 23 anos, que foi assassinado nesta quinta-feira (21) no bairro do Curió-Utinga. A vítima teria sido atingida com tiros na frente da casa onde morava.

De acordo com informações preliminares, o jogador chegou a ser socorrido ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. A PC, no entanto, não divulgou mais detalhes oficial sobre o ocorrido, pois ainda segue em diligências para apurar as circunstâncias e autoria do crime. O inquérito sobre o caso já foi instaurado, mas segue em sigilo, afirma a PC.

Publicidade

Carreira

Bruno tinha 23 anos e estava sem clube desde que deixou o Picos-PI. Ainda nesta temporada, ele defendeu o Crato no Campeonato Cearense. Oriundo do futsal, o meia era visto com muito potencial na base do Paysandu. Em 2017, foi emprestado ao Bragantino-PA, onde conquistou a Série B do Campeonato Paraense.

No ano seguinte, chegou a fazer parte do elenco profissional do Papão, mas esteve em campo em apenas uma partida. Logo depois passou por outras equipes como Santos-AP, Sport Belém e Guarani de Juazeiro. O jogador também marcava presença em campeonatos de futebol amador pelo estado.

Comentar

Comentar