Operação Quinino III. Foto: Polícia Federal

Um homem investigado pelo transporte ilegal de pessoas na fronteira do Brasil com a Guiana Francesa e Suriname foi preso no último dia 16 de abril pela operação Quinino III, da Polícia Federal (PF). A prisão aconteceu na cidade fronteiriça de Oiapoque, no Norte do Amapá. Ainda na ação, que cumpriu um mandado de prisão preventiva e dois de busca e apreensão, foram encontrados 1.360 euros, 250 dólares americanos e 110 dólares do Suriname.

Nesta fase, a PF prendeu e encaminhou ao presídio um indivíduo já investigado nas etapas anteriores, que continuou promovendo a imigração ilegal no município, realizando o transporte entre Suriname e Guiana Francesa para o Brasil”, detalhou a corporação.

Operação Quinino III. Foto: Polícia Federal

Operação

Nas fases anteriores e nesta, a PF busca combater organizações criminosas que atuam com o tráfico de pessoas na região, além da passagem ilegal de armas, drogas e contrabando. s crimes que podem levar a penas que somadas, chegam a 37 anos de reclusão. As fases anteriores da Quinino apreenderam dinheiro e realizaram pelo menos 3 prisões. O nome da operação faz alusão ao medicamento usado para tratar a malária, doença tropical que atinge pessoas que se arriscam nas rotas clandestinas.

Comentar

Comentar