O Departamento de Relações Públicas da Polícia emitiu um comunicado no domingo (7) trazendo mais informações sobre uma nova droga que está sendo usada pelos jovens nas festas. 

A droga que está sendo chamada de “sukru” ou “açúcar” está sendo divulgada nas redes sociais como estimulante sexual pode provocar efeitos desastrosos no organismo.

Publicidade
Humphrey Naarden – Inspetor e chefe da Brigada Anti-Narcóticos da Polícia. (Foto: Luiz Paulo)

O inspetor e chefe da Brigada Anti-Narcóticos da Polícia, Humphrey Naarden, faz um alerta para os sérios perigos do “sukru”, oficialmente conhecido como MDMA. O pó usado para produzir o “sukru” é o mesmo usado para a fabricação de pílulas de ecstasy.

Em pó, a droga parece muito com o açúcar mascavo, daí o nome “sukru”. A polícia já tem informações de que a nova droga está sendo usada principalmente pelos jovens sendo misturada com bebidas alcoólicas. “Uma vez ingerida, a droga deixa a pessoa desorientada enquanto os impulsos sexuais são estimulados”, explicou o chefe da Brigada Anti-Narcóticos da Polícia.

O comunicado da polícia informa que quando o “sukru” é usado com mais freqüência afeta o cérebro desestimulando o apetite fazendo com que a pessoa se alimente mal e comece a perder peso rapidamente. O “sukru” também provoca alucinações, perda de memória e diminuição da resistência física e mental.

O inspetor Naarden adverte sobre as sérias conseqüências do “sukru” e orienta os jovens para que não aceitem bebidas oferecidas por estranhos. “É melhor comprar sua própria bebida nas festas, bares ou casas noturnas, assim você pode evitar que alguém coloque droga na sua bebida”, aconselhou Naarden, lembrando que a venda, distribuição ou consumo de qualquer substancia entorpecente é crime.

Foto: Politie Journaal

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar