A Polícia de Flora prendeu Ryan A., de 34 anos, suspeito de abusar sexualmente da própria sobrinha, de 11 anos. Ele foi encontrado em casa após ser denunciado pelos pais da criança. O Ministério Público segue investigando o caso. O acusado negou a versão familiar.

Segundo os pais da criança, o tio invadiu o banheiro onde a menina tomava banho, apagou a luz e começou a apalpá-la. A vítima teria entrado no quarto da mãe molhada, nua e chorando, e contou o que havia acontecido. O suspeito havia bebido antes da ocorrência. 

Publicidade

A menina foi encaminhada a um ginecologista para tratamento médico e, ainda, para confirmar o abuso, inclusive, se houve penetração. O Ministério Publico do Suriname informou que ele será mantido preso até o encerramento do inquérito policial.

 

Comentar

Comentar