Um piloto da companhia American Airlines morreu nesta segunda-feira durante um voo entre Phoenix, no Arizona, e Boston, em Massachusetts. Após a morte do piloto – que não teve sua identidade revelada – o voo foi desviado para o aeroporto de Syracuse, no Estado de Nova York, e o copiloto conseguiu pousar com segurança. O avião teve de descer por motivos de segurança – as regras da aviação civil internacionais proíbem voos com apenas um piloto em aeronaves Airbus A320. O avião transportava 147 passageiros e cinco tripulantes. Uma equipe de emergência tentou reanimar o piloto na pista do aeroporto de Syracuse, mas nada pode fazer.

A companhia aérea ainda não divulgou qualquer informação sobre o mal súbito que matou o piloto. Um porta-voz disse ao site americano Mashable que o foco da empresa é confortar a família do funcionário falecido e completou afirmando que “é um dia muito triste para a companhia aérea”. Os passageiros foram reacomodados em outro voo.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar