O presidente da Associação de Frutos do Mar do Suriname (SSA), Udo Karg, diz que é contra o governo fornecer licenças para pescadores da Guiana em meio à reclamações de pesca excessiva.

No último fim de semana, o presidente Chan Santokhi disse a repórteres que em breve será realizado um acordo de pesca com a Guiana, semelhante aos que já existem com outros países, incluindo a Venezuela.

Publicidade

Karg disse estar surpreso com o anúncio de Santokhi. “Se queremos concluir um acordo de pesca com a Guiana, podemos preparar cerca de 2.500 licenças para a CARICOM, porque então temos que permitir que todos os estados membros pesquem em nossas águas”.

Os dois países da Comunidade do Caribe estão em desacordo sobre a emissão de licenças, com Georgetown alegando que Paramaribo havia prometido 150 licenças em agosto passado durante a visita de trabalho de Santokhi à Guiana.

Comentar

Comentar