Segundo informações divulgadas no site da KPS, três passageiros foram detidos tentando sair do país com dentes de tigre na bagagem.

“A lei ambiental do Suriname determina que esses animais são protegidos por lei e não podem ser caçados ou comercializados”, informou o Departamento de Relações Públicas da Polícia nesta quarta-feira, 14 de fevereiro.

Publicidade

Jianfa L. de 28 anos de idade, Bigin L. (42) e Jinbang C. (45), ao terem as bagagens inspecionadas pela alfândega do aeroporto foram imediatamente detidos depois que vários dentes de tigre (Foto) foram encontrados com eles. Juntamente com os dentes dos animais foi encontrada também certa quantidade de ouro bruto que não pode ser transportado sem declaração.

Após a prisão, os três passageiros com todo o material apreendido foram encaminhados ao Departamento de Crimes Ambientais e vão responder pela prática de crime contra a ordem econômica e violação da lei ambiental.

A polícia tem informações de que os dentes de tigres que são usados na maioria das vezes para fabricação de jóias tem um alto valor comercial e são oferecidos via Facebook, para venda.

A polícia alerta que abater, comercializar ou vender partes do corpo de animais protegidos por lei é crime grave passível de multa e até prisão.

Foto: KPS

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar