Comissão de parlamentares e representantes do governo se reuniram nesta quinta-feira na Assembleia Nacional (DNA). 

Na ordem do dia o assunto foi a aquisição da Suralco e os possíveis efeitos do fechamento da empresa para a indústria de bauxita no Suriname e na economia.

Publicidade

Um tema quente foi o acordo de princípio entre o Governo e a empresa Alcoa para a aquisição da subsidiária Suralco.

O Parlamento é de opinião que o acordo não protege suficientemente os interesses do Suriname e quer que a Suralco esteja até 31 de dezembro de 2019 sob a liderança dos surinameses.

Além disso, o Parlamento quer que seja realizada uma reunião pública para que a comunidade seja informada sobre as decisões tomadas nesta reunião feita a portas fechadas.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar