Um relatório da Autoridade Marítima do Suriname (MAS) informou que a balsa teve problemas mecânicos em um dos motores.

A informação sobre a causa do acidente com a balsa ocorrido na manhã da última quarta-feira foi divulgada nesta segunda-feira, 9 de janeiro.

Publicidade

Uma pane no motor principal da embarcação que além de estar carregada com areia, transportava uma escavadeira, foi o motivo que levou a balsa a sair da rota e colidir contra o muro de proteção da ponte Jules Wijdenbosch em Paramaribo.  Segundo o relatório da Autoridade Marítima, os cabos onde a balsa ficou presa servem para impedir a passagem de grandes embarcações entre as colunas da ponte e o problema no motor da balsa fez com que o piloto da embarcação ficasse impossibilitado de evitar a colisão.

Uma inspeção feita na balsa pelas autoridades constatou que a balsa não tinha ancoras a bordo que poderiam ser usadas para segurar a embarcação e evitar a colisão e de acordo com as autoridades, uma embarcação deste porte sem ancoras não pode ter licença para navegar pelos rios do Suriname.

A investigação continua e se for constatado por razões técnicas que a balsa é um perigo para a navegação, o proprietário da embarcação será multado e a balsa ficará impedida de navegar até que as falhas sejam corrigidas.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar