Menina de um ano foi única pessoa que sobreviveu às chamas que atingiram barraco.

Uma menina de um ano foi a única sobrevivente de um incêndio que destruiu um barraco de uma favela da zona oeste de São Paulo, nesta quarta-feira (29).

Publicidade

O pai da menina conseguiu jogar a criança pela janela, mas ele e um outro filho, de quatro anos, morreram. A polícia investiga as causas do incêndio.

A menina sofreu apenas escoriações. O homem e o garoto morreram carbonizados, abraçados debaixo de uma telha de amianto. A mãe das crianças estava trabalhando e morava no barraco com o marido e os dois filhos.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar