Foto: Polícia Civil
Publicidade

A Polícia Civil deflagrou duas operações na fronteira do Brasil com o Suriname e Guiana Francesa, no extremo Norte do Amapá. As ações em conjunto combatem vários crimes na região como tráfico de drogas, tráfico de pessoas, de armas, crimes ambientais, garimpo ilegal, entre outros.

Logo no primeiro dia de incursões, no município de Oiapoque, os policiais chegaram a flagrar práticas criminosas e deteve pessoas. A Civil informou que recebe apoio do Governo Federal para executar a “Hórus” e a “Coração Azul”. De acordo com o delegado Charles Corrêa, que comanda os trabalhos, as ações devem continuar no decorrer de julho e também nos próximos meses.

Publicidade

“Os servidores passaram a reforçar a fronteira recebendo diárias federais e isso tem ajudado muito a gente. Conseguimos prender em flagrante dois indivíduos por tráfico de drogas”, detalhou. De acordo com o delegado, dois homens transportavam cocaína pura em uma embarcação para Vila Brasil e Ilha Bela, localidades ribeirinhas distantes do Centro de Oiapoque.

“Esse é uma área muito sensível, pois fica próximo aos garimpos ilegais e eles sabem que tem um fluxo grande de tráfico de drogas nessa região”, disse o delegado. A polícia capturou ainda um homem que transportava uma adolescente para o exterior sem exercer nenhuma responsabilidade legal. A pena para este crime pode chegar até 6 anos de prisão.

Comentar

Comentar