Operação na Guiana acaba com 11 garimpos ilegais

Uma operação das Forças Armadas da Guiana Francesa em Saint Elie, distante cerca de 100 quilômetros da fronteira com o Suriname, aprendeu dezenas de equipamentos usados para a extração ilegal de ouro. Ao todo, 18 agentes móveis de Saint Nazaire, na região administrativa da França, participaram da ação com outros 80 militares.

Foram 12 dias na floresta, onde os militares percorreram dezenas de quilômetros e derrubaram 11 garimpos em Saint Elie, Nelson, Madeira Roxa, Nacional, Lago BPS, entre outras. Quatro estrangeiros em situação irregular foram interpelados em flagrante e vão responder pelo crime de extração e participação logística na Justiça da França.

Tudo encontrado pelas Forças Armadas foi queimado e destruído. Veja o material apreendido: 107 gramas de matéria usada na extração de ouro, 1,6 kg de mercúrio, 29 motores, quatro trituradores, 17 canoas, mais de duas toneladas de alimentos, e quatro toneladas de outros materiais, além de rádios e celulares para comunicação.

Esta é a segunda operação em território francês em menos de 30 dias. A ação, chamada de “Harpia”, também destruiu operações ilegais de garimpo. Segundo informações das autoridades francesas, foram apreendidos mais de 100 gramas de ouro, cigarros, mais de um quilo de mercúrio, 21 telefones, canoas e seis toneladas de ferramentas.

Comentar

Comentar