Resultado da operação na Guiana Francesa

O governo francês, que administra o território da Guiana na América do Sul, divulgou um balanço de uma força-tarefa de fiscalização das fronteiras com o Brasil e o Suriname. Segundo o embaixador Antoine Joly, mais de 4.500 litros de combustível foram apreendidos, além de ouro, munições e tabaco.

Segundo Joly, a operação começou em janeiro, no dia 28, e terminou na última semana, e também confiscou quase 13 toneladas de alimentos, incluindo frutas e verduras, foram disponibilizados a entidades, orfanatos e abrigos não governamentais da Guiana Francesa.

Publicidade

Joly também confirmou que quase tudo apreendido é parte da extração ilegal de ouro. Os litros de combustíveis foram devolvidos ao serviço de segurança do Suriname. Além disso, ele confirmou a apreensão de canoas e a detenção de quase seis mil pessoas, incluindo brasileiros.

As operações aconteceram nas seguintes regiões: Saint-Laurent-du-Maroni e também existem locais estratégicos ao longo do rio, como Apatou, Grand Santi e Maripasoela. O resultado de toda a força-tarefa teve acompanhamento de autoridades e do Ministério Público.

 

Comentar

Comentar