Foto: Marinha
Publicidade

A Marinha, por intermédio do Navio-Patrulha (NPa) “Bocaina”, realizou, no período de 2 a 11 de julho, com agentes da Polícia Federal, ações de patrulha naval e patrulhamento no litoral do estado do Amapá e na área fronteiriça entre Brasil, Guiana Francesa e Suriname.

O propósito da operação foi combater atividades ilícitas nessas regiões, como o tráfico de drogas, contrabando de mercadorias e a pesca ilegal, “além de contribuir para ação de presença, segurança da navegação e salvaguarda da vida humana no mar”, disse a Marinha, em nota.

Publicidade

“A comissão ratificou a importância da interoperabilidade entre os diversos órgãos federais no que tange à fiscalização do cumprimento das leis, a fim de manter cada vez mais seguras as águas brasileiras e fronteira”, concluiu a Marinha, em comunicado oficial enviado à imprensa.

Comentar

Comentar