Apreensão foi na madrugada desta segunda (22), em São José dos Pinhais. Ônibus saiu de Guarapuava e tinha como destino Balneário Camboriú, SC.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 740,4 kg de maconha na madrugada desta segunda-feira (22) na BR-376, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com a PRF, a droga estava dentro de um ônibus caracterizado com logomarca e fotos de um grupo de música tradicionalista gaúcha. Um casal foi preso.

O ônibus saiu de Guarapuava, na região central do Paraná, e tinha como destino Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Um homem, de 35 anos, e a esposa, grávida de 6 meses e com 33 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas. Eles estavam com a filha de 3 anos. A família é de Cantagalo, também na região central do estado.

Segundo a PRF, a droga estava guardada em caixas de madeira, normalmente usadas para guardar instrumentos musicais, como amplificadores. Ao todo, havia 704 tabletes de maconha escondidos no ônibus.

O nome da banda que decora toda a lataria o ônibus apreendido é “Paulo Feijó & Grupo Mais Gaúcho”. A PRF não soube informar que tipo de relação existe entre o grupo e os responsáveis pelo tráfico. Além da droga, o ônibus, com placas de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, também foi apreendido.

O G1 entrou em contato com o músico Paulo Feijó. Por meio da assessoria de imprensa, ele informou que o ônibus apreendido pela polícia foi vendido há meses para outra pessoa. Ainda segundo a assessoria de Feijó, o cantor segue carreira solo há algum tempo e não precisa mais de um ônibus para fazer suas apresentações. Por fim, a assessoria informou que o artista já está procurando seus direitos.

Outro caso
A polícia apreendeu 488,7 kg de maconha por volta das 7h de domingo (21), no km 619 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Venceslau. De acordo com o tenente Daniel Martins, a droga estava em um ônibus de uma “banda de fachada” e dois homens, um metalúrgico de 30 anos e um motorista de 34 anos, foram detidos por tráfico de drogas.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: G1

 

Comentar

Comentar