O comissariado do Para começou a obra de infra-estrutura de saneamento da Suralco.

Este projeto de saneamento é de um comprimento total de mais de dois quilômetros e o trabalho será realizado em uma comunidade residencial, no distrito do Para, onde as pessoas quando construíram suas casa não deixaram espaço para o saneamento básico.

Publicidade

A comunidade residencial é uma área de mineração antiga de uma empresa onde não havia gestão de saneamento básico. O excesso de água despejado pelas famílias vai para um pântano da região, o que causa inundações na época das chuvas.

Além disso, o comissário vai aliviar o pântano na área e conectar ao Lago Azul. O trabalho será feito em parte por presos que trabalham voluntariamente. Eles vão cavar perto das habitações, já que as máquinas não podem chegar até lá. Espera-se que o trabalho dure cerca de uma semana.

O comissário convida os moradores a descartarem o lixo de forma responsável. Duas vezes por semana um caminhão de lixo vai passar para fazer a coleta do lixo. “Se os moradores irresponsáveis continuarem a jogar lixo no canal, eles irão passar mais uma vez pelo mesmo problema”, disse o chefe do Departamento de Serviços Operacionais Stuart Lemmert.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar