Imigração, Carimbo,
Afdeling Vreemdelingendienst — Foto: Luiz Paulo

Por conta da Covid-19, o Corpo de Polícia do Suriname (KPS) está atendendo no máximo 100 pessoas diariamente no Serviço de Imigração, que tem recebido alta demanda em virtude do prazo de permanência expirado de pessoas de outras nacionalidades que residem ou estão no país.

Os casos registrados são de dois tipos de estrangeiros: membros do Caricom que entraram no Suriname a partir de 13 de setembro de 2019 e os que têm permanência concedida de seis e três meses, em sua maioria, cubanos, brasileiros, indianos, chineses, vietnamitas, malaios, filipinos, africanos, etc.

Publicidade

Comentar

Comentar