A Coordenação Nacional de Desastres (NCCR) espera contar com tecnologia militar brasileira para encontrar o helicóptero da Hi-Jet que está desaparecido.

Os trabalhos de busca estão focados na área Witagron, que de acordo com o (NCCR), é a área onde há maior probabilidade de localização do helicóptero desaparecido. O coronel Jerry Slijngard do (NCCR), disse esta semana que pediu a cooperação do adido militar brasileiro na busca pela aeronave da Hi-Jet e aguarda uma resposta para a assistência solicitada. O pedido de ajuda feito ao governo brasileiro é no sentido de receber orientação e cooperação quanto ao uso da tecnologia aérea avançada que o Brasil possui nas áreas civil e militar.

Publicidade
Ten Cel Luís Carlos Soares de Sousa, Adido de Defesa Naval e do Exército no Suriname
Ten Cel Luís Carlos Soares de Sousa, Adido de Defesa Naval e do Exército no Suriname

A redação da LPM NEWS, entrou em contato com o adido militar brasileiro, Ten. Cel. Luiz Carlos Soares, na tarde desta quarta-feira, 3 de junho, que confirmou a solicitação recebida por parte do (NCCR) e informou que a solicitação já foi encaminhada ao governo brasileiro. O representante das forças armadas brasileiras no Suriname, informou também que está agora aguardando a resposta para que as forças armadas da aeronáutica e do exército brasileiro possam colaborar nas buscas e localização dos dois tripulantes desaparecidos que estavam no helicóptero.

Saiba mais:

Permanece um mistério o que aconteceu com o helicóptero da Hi-Jet, em 24 de maio, um dia antes da eleição, quando foi feito o último contato  por rádio com o helicóptero. Desde então, não foi encontrado nenhum vestígio da aeronave, nem das pessoas que estavam a bordo.

[alert color=”C20000″]Clique na imagem para abrir.[/alert]

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar