Suspeita confessou o crime e perdeu a guarda dos dois filhos.

Uma mulher é suspeita de queimar o rosto do filho de quatro anos com garfo quente na cidade de Olinda (PE). Os vizinhos fizeram seis denúncias contra ela ao Conselho Tutelar. A suspeita, que também tem uma bebê de colo, perdeu a guarda dos dois filhos.

Publicidade

Além da queimadura, o menino apresentava marca de uma agressão recente perto da sobrancelha. A mulher teria empurrado a criança na frente de conhecidos,Os agentes abordaram a suspeita na porta da casa da família. Ela e o menino confirmaram as agressões.

Na casa, não há higiene nem segurança para as crianças. O ventilador, por exemplo, fica todo descoberto, assim como as tomadas,A mulher confessou ter queimado o filho porque conhecidos haviam dito que ele estava roubando em um mercadinho. Além disso, o menino seria muito desobediente.

Ainda de acordo com a suspeita, ela tinha combinado com uma vizinha que iria dar o filho porque não “o aguentava mais”

A mulher foi autuada por lesão corporal e maus-tratos, mas vai responder ao inquérito em liberdade. Ela perdeu o direito de ficar com os filhos, que devem morar com a avó materna.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar