Amar Ramadhin — Foto: Luiz Paulo

As pessoas que foram vacinadas duas vezes e, posteriormente, infectadas com o corona devem obter um reforço para melhor proteção. O governo explica que é necessário esperar quatro semanas depois da reinfecção. Deve ser respeitado um período de três meses entre a segunda injeção e o reforço.

“Alguém que foi vacinado uma vez e depois se infectou tem que esperar quatro semanas pela segunda vacina. Mesmo as pessoas que não foram vacinadas podem se registrar para a primeira injeção após um mês após a infecção”, disse o ministro da saúde do Suriname, Amar Ramadhin.

Publicidade

As pessoas que estiveram em isolamento e estão sendo acompanhadas por seus médicos de clínica geral receberão uma nota de saída após serem declaradas curadas. “As pessoas calculam na hora se alguém pode ser vacinado. É importante ressaltar que após os indivíduos terem sido totalmente vacinados, deve haver um intervalo de 3 meses para o reforço”, concluiu.

Comentar

Comentar