Amar Ramadhin — Foto: Luiz Paulo
Publicidade

O ministro da saúde do Suriname, Amar Ramadhin, anunciou em coletiva de imprensa durante o domingo, dia 10, que o Mercado Central vai reabrir, em Poelepantje. A medida, no entanto, as medidas de combate e controle da Covid-19 serão redobradas com a fiscalização do comissariado distrital. Confira as novas medidas ajustadas:

  • A restrição de horário do toque de recolher será das 19h até 5h;
  • Nenhum encontro de grupos com mais de cinco pessoas está autorizado;
  • É proibido realizar festas, incluindo as residenciais;
  • Funerais e reuniões religiosas só são permitidos com até dez pessoas;
  • Todas as atividades esportivas, incluindo esportes de contato, não são permitidas, com exceção de atividades esportivas individuais;
  • Transporte de passageiros por meio de transporte público rodoviário ou aquático só é permitido com a devida observância do protocolo de transporte público;
  • Até 16 de janeiro, estarão fechados: restaurantes e outros estabelecimentos comerciais de preparação e entrega de alimentos, com exceção de take-away ou delivery; a coleta fica possível até as 19h e a entrega até as 22h; clubes noturnos, salões de dança, discotecas e semelhantes; bordéis; locais de recreação; cassinos; locais de jogos e entretenimento; escritórios de jogos de azar; ginásios, escolas de ioga e dança, aeróbica, zumba, centros ou instalações desportivas e de fitness;·
  • A fronteira aérea apenas está aberta à circulação essencial de pessoas;
  • Os voos domésticos são permitidos apenas para carga, repatriação de passageiros retidos e para emergências médicas.

Publicidade

Comentar

Comentar