De acordo com informações do Ministério da Educação, Ciência e Cultura do Suriname, sete professores foram demitidos por denúncia de abuso sexual contra alunos. 

“Eu e minha colega Jennifer Van Dijk-Silos, da Justiça e Polícia vamos agir impiedosamente contra aqueles que abusam sexualmente de alunos nas escolas do Suriname”, disse o ministro Robert Péneux da Educação, Ciência e Cultura na inauguração do Serviço Hotline de denúncia contra abuso sexual de crianças no último sábado, 20 de agosto no distrito de Coronie.

Péneux disse lamentar, que, mesmo em um local de ensino, como as escolas existam professores exibicionistas e com comportamento abusivo. “Quero que fique bem claro que eu serei implacável com aqueles que usam de sua posição como educadores para abusar de crianças”, afirmou o ministro da educação do Suriname.

Publicidade

“Você é um educador. Você não tem o direto de trocar favores sexuais por pontos”, disse o ministro Péneux em seu discurso de inauguração do serviço online de proteção a criança.

O ministro disse ainda que é importante que os professores sejam orientados a reconhecer quando um estudante esteja sendo vítima de abuso sexual. O ministério vai promover a formação orientada e o diretor(a) da escola deve estar preparado para denunciar os casos de abuso a polícia.

Coronie é o segundo distrito após Apoera, onde o projeto esta sendo implantado.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar