O plano do Ministério da Educação para estender o dia na escola, precisa de muita preparação. Foi o que disse o ministro da educação Ashwin Adhin, na quarta-feira, 28 de janeiro, em uma conferência de imprensa.

O ministério pretende iniciar no ano letivo de 2017/2018 gradualmente a execução deste plano. Segundo o ministro Adhin, a Lei da Educação Básica, deve ser alterada, o que já está em preparação. Cozinhas também deverão ser construídas nas escolas e os professores devem ser treinados para lidar efetivamente com problemas comportamentais das crianças.

Publicidade

“Ainda há muito a fazer”, disse o ministro Adhin. O ministro enfatizou os benefícios da ampliação da jornada escolar. Certamente, os alunos que não recebem qualquer lição de casa, serão beneficiados. O ministro assegurou ao público que haverá primeiro uma consulta com as partes interessadas antes do horário escolar ser prorrogado. “Isso nunca vai acontecer sem uma consulta com todas as partes interessadas.”

Com a ampliação da jornada escolar no Suriname, o ministério quer sintonizar a educação do Suriname com os padrões internacionais. Ainda não está claro até que horas o horário escolar será prolongado, mas isso vai estar de acordo com o horário da jornada escolar.

Deixe seu comentário escolar

Comentar

Comentar