Foto: Crédito: Gabinete do Presidente da Ucrânia

O Ministério da Saúde da Ucrânia informou, neste domingo, 27, que 352 civis morreram desde o início da invasão da Rússia ao país, na quinta-feira, 24 – pelo menos 14 vítimas são crianças. Segundo a pasta, há 1,7 mil feridos, incluindo 116 crianças. O ministro Viktor Liashko disse que as tropas russas agem como “terroristas” que atacam deliberadamente os ucranianos.

O governo ucraniano afirma que o atendimento à população tem sido prejudicado em razão de bombardeios a hospitais. Os russos, em contrapartida, negam que tenham atingido alvos que não sejam da infraestrutura militar.

Publicidade

Mais cedo, o Ministério da Defesa da Rússia confirmou que soldados russos foram mortos e feridos no conflito que ocorre no Leste Europeu. A pasta não especificou o número de vítimas, tendo informado, apenas, que as baixas foram menores do que as sofridas pela Ucrânia.

Comentar

Comentar