A notícia do sumiço de Mateus se espalhou nas redes sociais na tarde desta segunda-feira, 10 de dezembro.

Amigos e familiares começaram a compartilhar a notícia pedindo ajuda para encontrar o adolescente, que saiu para ir a escola pela manhã e não retornou para casa.

Publicidade

De acordo com informações enviadas para a redação do jornal LPM NEWS no início da noite por uma amiga da família, Mateus Santos da Silva (Foto), de 15 anos de idade, sempre ia caminhando para a escola todas as manhãs, mas nesta segunda-feira, não foi visto pela brasileira que sempre o encontrava á caminho da escola que fica atrás da empresa Savers Paradise, na Tourtonnelaan.

Entramos em contato com a mãe de Mateus, a Sra. Maria Luíza Santos da Silva, por volta das 10h da noite e para alívio da família e dos amigos, a mãe do garoto nos informou que seu filho havia acabado de ligar pra ela cerca de 20 minutos antes, informando que ele estava na casa de uma javanesa que cuidava dele enquanto a mãe trabalhava no garimpo.

Segundo a mãe, Mateus ficou chateado e resolveu não voltar pra casa porque a mãe o corrigiu. A mãe de Mateus, disse por telefone que vai conversar com o garoto para que ele volte para casa sem necessidade de envolver a polícia no caso.

Esclarecemos aqui que o caso de Mateus não se encaixa no perfil de pessoas desaparecidas, uma vez que para a polícia iniciar uma investigação, um prazo de 24 horas deve ser observado, após o que será registrado um boletim de ocorrência.

O jornal LPM NEWS como canal de informação da comunidade brasileira no Suriname, tem a grata satisfação de informar e compartilhar do sentimento de alívio e tranquilidade desta mãe no momento em que todos estavam receosos sobre o que havia acontecido com o garoto que é filho de brasileira, mas nasceu no Suriname.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar