O novo empreendimento inglês exibe uma suntuosa piscina aérea que liga a cobertura de seus dois blocos de apartamentos.

Londres ganhará em breve a primeira piscina aérea de vidro do mundo, que, acredite, servirá como ponte para interligar dois prédios de luxo na capital inglesa. A piscina terá 25 metros de comprimento e será erguida dez andares acima do chão (cerca de 35 metros de altura). Quem conseguir vencer a vertigem, poderá observar a movimentação na rua graças ao fundo de vidro da piscina.

Publicidade

O empreendimento de apartamentos de luxo será construído ao redor do novo prédio da embaixada dos EUA, no bairro de Nine Elms, sudoeste da cidade. A piscina-ponte foi planejada pela companhia de engenharia Arup Associates, juntamente com a especialista em aquários Reynolds. Os apartamentos custam a partir de 666.000 libras, o equivalente a 3,6 milhões de reais – para morar na cobertura, o preço é bem mais salgado: 5,5 milhões de libras (30 milhões de reais).

Os desafios arquitetônicos não abateram o desenvolvedor Sean Mulryan. “Minha visão para piscina aérea é resultado do desejo de ir além dos limites e capacidades da construção e engenharia”, afirmou Mulryan ao jornal britânico The Guardian.

Do outro lado da cidade, no bairro de Hackney, um outro projeto entrou na onda das piscinas com fundo de vidro. No Warehaus, um prédio quadrado de tijolos onde um apartamento de um quarto custa 500.000 libras (mais de 2,7 milhões de reais), o visual do fundo da piscina é um átrio comum do condomínio.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar