Kenneth Amoksi — Foto: Luiz Paulo

O Ministério da Justiça e Polícia (JusPol) pediu prioridade ao sistema de segurança do Suriname para prender quem teve alguma participação em uma série de crimes graves que aconteceram nos últimos dias. Alguns suspeitos já estão sendo monitorados, afirmou o titular da pasta, Kenneth Amoksi.

“Estes crimes constituíram uma violação grave da lei e da ordem. Instrui o chefe da polícia a trabalhar diligentemente para localizar esses suspeitos, de modo que sua prisão e, portanto, afastamento da sociedade, seja um fato. Sob nenhuma circunstância o governo permitirá que a segurança dos cidadãos seja comprometida”, disse.

Publicidade

De acordo com o ministro, a segurança está no topo da lista de prioridades desse governo. Amoksi também pede à sociedade que relate qualquer informação que pareça suspeita à polícia. “Veja algo, diga algo. Juntos, somos responsáveis ​​por uma sociedade segura”, disse ele.

Comentar

Comentar