Um juiz do Canadá está sendo investigado depois que perguntou a uma vítima de estupro por que ela apenas não manteve suas pernas fechadas enquanto era agredida.

Robin Camp estava supervisionando o julgamento de um homem de Calgary, Canadá, que tinha sido acusado de estuprar uma mulher de 19 anos de idade em uma pia do banheiro durante uma festa.

Publicidade

Os advogados da vítima alegam que o juiz fez uma série de perguntas inadequadas. Uma delas questionava: “Por que você não pode apenas manter os joelhos juntos?” e “Por que você simplesmente não colocou sua parte debaixo na banheira de modo que ele não pudesse penetrar em você?”

Em um comunicado divulgado através do tribunal, Robin pediu desculpas por suas ações e admitiu que havia causado “profunda e significativa dor” para a vítima e todas as outras mulheres que ele poderia, com a atitude, ter desencorajado a fazer denúncias de abuso sexual.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Gadoo0

Comentar

Comentar