O agressor é o ex-namorado que não se conformava com a separação.

O caso de um crime assustador. Carolina, de 21 anos, foi espancada e torturada durante três dias pelo ex-namorado. Além das agressões, a jovem também foi vítima de estupro.

Publicidade

Gustavo Afonso, de 26 anos, foi preso em flagrante após mandar fotos das agressões e da tortura para a cunhada.

Carolina teve a cabeça raspada à força, foi estuprada e agredida. Tudo começou quando a jovem aceitou o pedido de levar o filho do casal, de um ano, até a casa do pai para uma visita rápida.

No apartamento do agressor foram a Polícia encontrou a máquina utilizada por ele para deixar a ex careca.

a jovem diz que o filho do casal implorava para o pai parar de bater na mãe.
— Ele começou disse que meu filho iria ficar com ele, tentei fugir e ele me bateu, cortou meu cabelo e fiquei três dias sendo torturada dentro de casa.

Ainda de acordo com a reportagem, a vítima manteve um relacionamento com o agressor durante seis anos, mas ele não aceitava a separação.

Ele foi preso em flagrante após manter a ex e o próprio filho em cárcere privado.

Durante esta semana, para o desespero da vítima, a defesa de Gustavo entrou com um pedido de cumprimento de pena em liberdade, mas a Justiça negou. Ele foi autuado por cárcere privado, tortura e tentativa de homicídio.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar