De acordo com o colunista, José Paulo Ribeiro, a campanha política para Presidência da República, está sendo marcada pela violência e pela falta de respeito individual e coletivo.

PUBLICIDADE

O Sr. José Paulo Ribeiro, que também é pastor e presidente do Conselho de Cidadãos Brasileiros no Suriname, compartilha através do jornal LPM NEWS mais um periódico de sua autoria neste sábado, 13 de outubro.

O colunista mostra-se preocupado com o demasiado desconforto e constrangimento causado pelo alto grau de descontrole verbal que se alastrou durante a campanha política nas eleições 2018. “O que tem de pessoas diminuindo umas as outras, se degladiando e se desrespeitando pelo simples fato de votarem no presidenciável Haddad ou no presidenciável Bolsonaro… é incontável o número de ataques verbais que se observa nas redes sociais. Isso demonstra o nível e a incapacidade de equilíbrio comportamental de cada um”, declarou o Sr. José Paulo.

José Paulo Ribeiro – Presidente do Conselho de Cidadãos Brasileiros no Suriname (Foto: Luiz Paulo)

“Não é necessário concordar em tudo, mas, faz-se necessário respeitar e aceitar o direito constitucional dado para os brasileiros, no coletivo e individual, a partir dos dezesseis anos de idade para escolher e votar no candidato de sua preferencia”, lembra o colunista do jornal LPM NEWS que recomenda que devemos usar o nosso direito de liberdade de expressão, divulgando em quem votamos, mas sem agredir, seja por simpatia ao candidato, ou por opção das ideias, cor, raça, religião ou qualquer outra coisa. Lembrem-se: quem vai assumir a presidência é o político eleito, e não o eleitor.

“O pior é constatarmos com frequência que, parte das pessoas se conhecem, mas ao responder um contraponto do outro, o faz como se fosse um inimigo. A grande maioria pede ou aceita ser amigo da pessoa no Facebook, mas não tem o mínimo de pudor em ferir o direito do amigo”, desabafa o cidadão José Paulo, que é figura carismática e respeitado por seu trabalho em favor dos garimpeiros brasileiros no Suriname há muitos anos.

O Sr. José Paulo, enfatiza que a campanha politica passa e os amigos ficam. É isso que se espera, mas, se as sequelas forem profundas não será possível recuperar.

“Amizade ferida é como espelho trincado, da pra continuar usando, mas a fissura continuará”.

“Quer falar, fale do projeto do político, reclamar se ele presta ou não, é um direito seu, mas faça isso sem deboche, sem sarcasmo, sem chocarrice; respeite o eleitor.

Fazendo assim, depois da campanha política se sentirá bem melhor. Há um antigo provérbio popular, que diz: “Respeita-se o cachorro por causa do dono.” Nesse sentido, não atire pedra no “cachorro” que seu amigo decidiu caminhar com ele; pelo menos quando ele estiver por perto. Respeito ao dono; pela PAZ!”, finaliza o colunista José Paulo Ribeiro, que tem um espaço no jornal LPM NEWS para se comunicar com os leitores expressando suas idéias e convicções em diferentes áreas.

Deixe seu comentário abaixo.