O fabricante e vendedor de jóias está sendo acusado de ficar com o ouro e dinheiro dos clientes.

O acusado foi preso na quarta-feira (27) depois que a policia do Kwatta recebeu várias denúncias de pessoas lesadas pelo joalheiro.

Publicidade

O relatório divulgado no site da KPS informa que Rawi G. de 27 anos de idade, que possui uma ourivesaria na Kwattaweg recebeu dinheiro e ouro dos clientes para a fabricação de jóias, mas não realizou os serviços. Dois clientes apresentaram queixa contra o joalheiro que foi localizado e preso pela polícia.

Na delegacia o acusado disse que estava em dificuldade e usou o dinheiro dos clientes para resolver seus problemas financeiros, mas que iria entregar os serviços contratados pelos clientes. Pouco depois de ser preso, uma terceira vítima apresentou queixa contra o joalheiro que agora vai permanecer preso sob a acusação de fraude.

A polícia esta chamando outras pessoas que foram enganadas pelo joalheiro para que compareçam na delegacia mais próxima ou entrem em contato com a delegacia do Kwatta através do número 436132.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar