spot_img
spot_img

Jennifer Geerlings-Simons: “Reunião sobre questão da Suralco será após o término das negociações”

Atualizado há

Oposição na Assembleia Nacional (DNA), diz que está no mínimo indignado com a resposta recente da presidente do parlamento Jennifer Geerlings-Simons.

A presidente da Assembléia Nacional respondeu recentemente em uma carta ao pedido de alguns membros da oposição para realizar uma reunião de emergência no parlamento sobre a aquisição da Suralco e a partida iminente da empresa-mãe norte-americano ”Alcoa”.

A presidente escreveu em resposta ao pedido da oposição nesta segunda-feira, 4 de maio, dizendo que depois de ter se informado que as negociações com a ”Alcoa” ainda não estão finalizadas só irá convocar uma reunião quando receber a informação do presidente Bouterse. ” A Sra Simons não precisa entrar em consulta com o presidente para realizar uma reunião. A presidente é responsável perante o parlamento, o que não é absolutamente uma extensão do governo “ , Disse Radjkoemar Randjietsingh lider do partido VHP.

Os membros da oposição Ruth Wijdenbosch (NPS) e Asiskumar Gajadien (VHP) estão de acordo com Randjietsingh. Eles dizem que a presidente do Parlamento, de acordo com o Regimento da Assembleia Nacional, deve atender quando solicitado por pelo menos cinco membros. O pedido foi feito por nove membros. “Se o governo chegou a um acordo com a Alcoa e, só depois, o parlamento vai informar sobre isso, será tarde demais”, disse Wijdenbosch. De acordo com os membros da oposição, o acordo de Brokopondo regulamentado por lei  não pode simplesmente ser ajustado.  A presidente da Assembleia Nacional Jennifer Geerlings-Simons, não estava disponível para comentar o assunto.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App