As instituições financeiras do Suriname retornaram ao trabalho nesta quinta-feira, dia 26 de março, após a paralisação por conta da lei de controle de moedas.

PUBLICIDADE / ADVERTENTIE

Ontem (25), a Associação de Banqueiros do Suriname, juntamente com a Associação de Empresas, Associação de Fabricantes e a Associação de Empresas de Seguros reuniram com a presidente Jennifer Geerlings – Simons e o vice-presidente, Melvin Bouva, da Assembléia Nacional. Foram feitos acordos para alterar ainda mais a lei com o grupo de trabalho da DNA.

Nesta quinta-feira (26), haverá uma nova reunião com o Banco Central do Suriname sobre os pontos problemáticos da lei. Também será discutido como colocá-la em prática. “A Associação de Banqueiros do Suriname escolhe o caminho do diálogo para chegar a uma mudança na lei e, se as conversas não forem bem-sucedidas, outras entradas legais serão procuradas”, disse, em nota.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar