Publicidade

Uma inspeção de rotina em Brokopondo confirmou o comércio de coxas de frango que já estavam vencidas. O lote, ainda de 2020, estava disponível em supermercados da região. A informação foi confirmada pelo coordenador de políticas do distrito, Freddy Linga.

Em contato com o governo, o importador informou que em 2021 a fábrica nos Estados Unidos passou a distribuir novos dados visíveis nas embalagens, como prazo de validade. “Um apelo foi feito aos lojistas para não colocarem em risco a saúde dos cidadãos”, adiantou Linga.

Publicidade

O governo ordenou uma força-tarefa no distrito para combater o comércio de produtos vencidos. O Ministério da Economia, Empreendedorismo e Inovação Tecnológica confirmou que vai entrar no caso, com novas fiscalizações e aplicação de multas.

Comentar

Comentar