Proibição do uso está em vigência desde o começo de novembro.

Proibido no Suriname desde o começo deste mês, os importadores ou produtores que ainda possuem estoque de isopor devem se identificar e informar ao Ministério do Comércio, Indústria e Turismo (HI&T). A decisão que impediu o uso foi adotada após análise de custo com produtos semelhantes menos prejudiciais ao ambiente.

O uso segue permitido, por exemplo, em caixas frias para resfriar legumes, frutas e peixes para a produção e exportação. No entanto, para fazer uso do isopor, todas as empresas precisam de uma licença e, ainda, cumprir determinadas regulamentações do Ministério do Comércio, Indústria e Turismo.

Deixe seu comentário abaixo.