Guillermo A. foi liberado hoje pelo Ministério Público do Suriname (OM). Ele foi detido pela polícia no último fim de semana depois de denunciar a posse de drogas e extorsão de três policiais de Albina.

A advogada Maureen Nibte explicou que seu cliente foi parado pela polícia em 24 de fevereiro. Após examinarem o veículo de Guillermo, os policiais disseram ter encontrado uma mala com drogas e o deram voz de prisão.

Publicidade

De acordo com a advogada, para evitar a prisão, os agentes IA, SB e YP exigiram de Guillermo uma quantia de 4.000 euros. O homem portava 800 euros e entregou a quantia aos policiais, que não ficaram satisfeitos e exigiram mais.

Quando a polícia encontrou a mala com drogas, Guillermo pensou que alguém poderia ter deixado o material em seu carro, pois havia emprestado o veículo para alguém dias antes. Segundo o homem, a polícia nunca lhe mostrou o conteúdo da suposta mala com cocaína.

O Ministério Público liberou o suspeito com base nestas declarações. Os três policiais também foram ouvidos hoje.

Comentar

Comentar